João Paulo Catarino apoiado por António Costa e António José Seguro

João Paulo Catarino apoiado por António Costa e António José Seguro

ELEIÇÕES FEDERATIVAS NO PARTIDO SOCIALISTA   |  João Paulo Catarino propõe mais debate e uma sociedade mais justa no distrito

Passavam quinze minutos das onze da manhã do dia 22 de agosto, quando João Paulo Catarino, acompanhado do seu “estado- maior”, chegou à Federação Distrital de Castelo Branco do Partido Socialista, para entregar e assim formalizar, a sua candidatura à Presidência do órgão máximo do partido no distrito.

Seguiu-se, um encontro com os jornalistas que teve lugar na Casa do Arco do Bispo, propriedade da Freguesia de Castelo Branco, agora com um aspeto interior deslumbrante, após algumas obras que a autarquia resolveu fazer nas instalações.

João Paulo Catarino, apresentou a sua moção “Dinamizar o PS, Fortalecer o Distrito”, traçando, alguns aspetos que no seu entender levaram a que avançasse para esta candidatura, que constam no conteúdo do documento agora apresentado e que, a seu ver, são razões demasiado importantes para que ficasse alheado do apelo que lhe foi dirigido por diversos militantes do distrito.

O documento depois de uma declaração de princípios em que o candidato diz “ somos fiéis à matriz do Partido Socialista e à afirmação da liberdade”, refere ainda que “lutamos por uma sociedade mais solidária, justa e fraterna”, para concluir este capítulo com “preservamos a independência do poder político face ao poder económico”.

Os quatro capítulos que se seguem são, afinal, o “sumo político” do documento, com o desenvolvimento de argumentos, relativos a militância, dinamização do partido, fortalecimento do distrito, aqui subdividido em temas como a economia e o emprego e a coesão social, terminando com uma referência à voz que deve ser a do partido.

“A militância partidária é uma condição que deve contribuir para que a sociedade democrática evolua, um espaço de Liberdade no qual todos se devem sentir estimulados a assumir as suas opiniões, a expressarem as suas ideias e a cooperarem na construção de uma sociedade mais justa e desenvolvida” ou “queremos ajudar a construir uma sociedade mais justa, em que cada pessoa tenha direito a ter e a expressar as suas opiniões e em que cada ideia seja debatida, pois será na diferença que nascerão decisões mais fortes e acertadas”, refletem uma forma de estar na política que contrasta com aquilo que tem sido habitual nos últimos anos do PS no distrito.

Não esquecendo o momento eleitoral que se aproxima já em 2015, a moção refere que “as eleições para a Federação Distrital de Castelo Branco surgem no exato momento em que se começam a preparar as próximas legislativas.

Isso exige um fortalecimento da organização distrital do PS e um apelo a construção dum projeto regional e convite à participação de todos os militantes e todos aqueles que estão defraudados pela governação PSD/CDS e apostam na mudança. Só o PS pode albergar essas aspirações.

É necessário o envolvimento de todos nesse propósito e que isso reforce a liderança do PS a nível distrital e assim ajude o nacional a construir uma maioria de governo”.

Catarino chama a atenção, dada a sua necessidade, para a “vital importância para a região”, do debate com “os responsáveis das unidades, os autarcas, os deputados e os responsáveis partidários do distrito, na procura das melhores soluções para o fortalecimento e afirmação do ensino universitário e das unidades de saúde do distrito”.

É um documento importante, abrangente, muito bem estruturado, de análise e consequentes ideias e propostas para o desenvolvimento, projeção dinamização do distrito e onde se consegue ler frases chave comuns quer ao vocabulário e argumentos, de qualquer um dos dois candidatos, António José Seguro e António Costa, às primárias do PS marcadas para 28 de setembro.

Relembre-se que João Paulo Catarino, apesar de ser amigo e apoiante de António Costa reúne também o apoio dos apoiantes de António José Seguro no distrito. O Jornal de Oleiros apurou, entretanto, junto de fontes próximas do Secretário-geral do PS, que Seguro verá com bom grado uma vitória de Catarino, nas eleições de 6 de setembro para a distrital de Castelo Branco do PS.

JP Catarino e Vitor Pereira

PF

Fernando Serrasqueiro,  A Taborda, JP Catarino e V Pereira

JP Catarino

 

Share